terça-feira, 28 de outubro de 2008

LEITURAS INTERESSANTES

A BATALHA DE DELTA


Paulo Fernando Silveira é membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, advogado e professor universitário. Exerceu o cargo de Juiz Federal e desenvolveu estudos e trabalhos nos EUA e na Europa.

O autor abre o livro informando ao leitor que a obra é baseada em fatos reais e que o nome das pessoas citadas são verdadeiros, embora tenha a característica de trazer ao público uma visão mais concreta e particularizada, uma abordagem mais viva dos personagens, evitando fragmentar o fato histórico.

Nas palavras do próprio autor “...o livro versa sobre as batalhas travadas entre as forças legalistas (os paulistas) contra os rebeldes (os mineiros), visando à tomada da ponte de Igarapava, como era conhecida por eles. Para os mineiros, tratava-se da ponte de Delta. (...) A narrativa enfoca a visão dos principais comandantes e líderes militares envolvidos no engajamento bélico, o qual foi documentado em telegramas, radiogramas e jornais da época. Livros e artigos de ilustres autores, que tratam da matéria, foram também consultados...”.

No texto, há afirmações de que, em 1930, Uberaba era a cidade mais importante do Triângulo Mineiro, pois aqui estavam situados o 4° Batalhão de Infantaria da Polícia Militar, a Delegacia Regional dos Correios e todos os serviços públicos. A posição geoeconômica da cidade era estratégica. Além das lavouras de arroz, milho, feijão e café, suas pastagens nutriam o país de carne. Por isso, os paulistas queriam conquistar Uberaba.

Marise Diniz
Obras do acervo:
O Sertão da Farinha Podre: Uberaba e a guerra do Paraguai (2004)
O Morro das Sete Voltas: Guerrilha na Serra da Saudade (2008)


Nenhum comentário: