domingo, 21 de junho de 2009

VERA CRUZ - 61 ANOS


No dia 19 de junho de 1948, no próspero Bairro São Benedito, era inaugurado o Cine Vera Cruz, empreendimento da Companhia Cinematográfica São Luiz, proprietária dos cines: São Luiz, Metrópole e Royal e presidida, na época, por Orlando Rodrigues da Cunha, A Construção ficou a cargo dos Engenheiros James de Barros e Nicácio Pedro Gonçalves Vidal.

O filme, em sistema tecnocolor (alta tecnologia para aqueles tempos), exibido naquela sexta-feira, marco inicial das atividades do Vera Cruz, foi “Festa Brava”, estrelado por Esther Willians e Ricardo Montalban. Na década de 1950, a sala foi a pioneira dos cinemas uberabenses a utilizar o recurso Cinemascope: tela de exibição em tamanho maior e aparelhagem sonora mais potente.
Desde 1981, transformado em Cine Teatro Vera Cruz, exibe, em seu palco, peças teatrais, espetáculos de dança e shows com artistas locais e de renome nacional.

No final da década de 1990, surgem salas de projeção mais modernas e bem equipadas, instaladas em shoppings onde há uma variedade de opções concentradas no mesmo local, facilidade de acesso e mais segurança. Esse fator, somado à popularização das TV´s por assinatura, levaram as grandes salas de exibição à decadência. Com o Vera não foi diferente!

Em 2006, o pioneiro em tecnologia cinematográfica da cidade foi tombado pelo Conselho do Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (CONPHAU). Em julho do mesmo ano, adquirido pela Prefeitura Municipal, foi reformado e reabilitado como bem cultural. No dia 14 de dezembro de 2007, foi entregue a população, com o novo nome de “Cine Teatro Municipal Vera Cruz”. Nesses quase dois anos, vários eventos de diversas tendências culturais foram realizados no local e promoveram, junto à população, o acesso à cultura.

O imponente prédio, marco de uma época de ascendência cultural, é um dos cartões postais da cidade.

Nenhum comentário: