quinta-feira, 24 de maio de 2012

UBERABA E O PODER EXECUTIVO - 1837 AOS DIAS ATUAIS

           Nasceu em Uberaba, em 10 de abril de 1927. Oriundo de uma família de políticos e pecuaristas, não fugiu à regra e sempre atuou nessas duas áreas. Formou-se em Agronomia pela Universidade Rural do Brasil (Hoje encampada pela UFRJ), em 1950.
       Colaborou na fundação da Sociedade de Agrônomos e Veterinários de Uberaba, e presidiu a Sociedade Rural do Triângulo Mineiro, entre 1964 a 1966, e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, de 1968 a 1970 e de 1974 a 1978. Exerceu também o cargo de Secretário geral da Confederação Mundial de Criadores de Zebu.
         Na eleição municipal de 1970, foi eleito prefeito pela ARENA, com 14.468 votos, tomando posse em 01 de fevereiro de 1971, e permanecendo no cargo até janeiro de 1973, devido à reforma constitucional. Após o mandato, afastou-se da política e dirigiu a Faculdade de Zootecnia de Uberaba (Atual FAZU), entre 1978 a 1982, ano no qual voltou a disputar o cargo de prefeito, sem êxito. No ano seguinte, a convite do Governador Tancredo Neves, assumiu a Secretária Estadual de Agricultura, desincompatibilizando do cargo, em 1986, para candidatar-se a deputado federal constituinte. Foi eleito pelo PMDB, com 34.519 votos, e tornou-se o relator da Lei Agrícola, na constituição de 1988.
            Depois da sua passagem pelo congresso nacional, deixou a vida pública, mas continua atuante em suas atividades relacionadas à pecuária e à ABCZ.
             Durante sua gestão:
- o terminal rodoviário da praça Jorge Frange foi transferido para o local onde se encontra, atualmente, na praça Carlos Terra, no bairro São Benedito;
- inauguraram-se o Palácio da Cultura “Lúcio Mendonça de Azevedo” (Atual Biblioteca Municipal) e o Estádio Municipal Eng. João Guido (Uberabão);
- a TV Uberaba, primeira retransmissora de televisão instalada na cidade, iniciou suas atividades, em 1972;
- em parceria com o governo de MG, foram construídas a Estação de Tratamento de Água, do bairro Boa Vista e a Escola Polivalente (Hoje, Corina de Oliveira);
- o córrego das Lages (Av. Leopoldino de Oliveira), no trecho entre a rua Senador Pena e a Segismundo Mendes foi canalizado e a avenida Fidélis Reis, ampliada;