sexta-feira, 7 de junho de 2013

DIA INTERNACIONAL DE ARQUIVOS

No dia 09 de junho comemora-se o dia internacional dos Arquivos, segundo o “Conselho Internacional de Arquivos”, data escolhida para que essas instituições pudessem divulgar a sua importância junto à administração pública e à sociedade e que ambos reconheçam a relevante função de um Arquivo no que se refere aos seus direitos e preservação documental, como também na divulgação da história.
Às Instituições Arquivísticas, a partir de 1990, com a instituição da Lei 8.159/1991, que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados, lhes foram atribuída a missão de administrar a documentação pública e de caráter público. Para que essa administração possa realizar é necessário intervir no ciclo vital dos documentos. Nesse sentido os arquivos começaram a se inserir profundamente na administração pública. Assim, essas instituições passaram a não se limitar somente a recolher, preservar e dar acesso aos documentos custodiados.  Deu-se a elas funções muito mais amplas, como órgão responsável pela implantação e coordenação de políticas públicas relacionadas à gestão de documentos, buscando assim uma aproximação das diversas demandas dos órgãos produtores de documentos. Essa aproximação trouxe mais responsabilidade, mas também prestígio e importância junto às organizações, libertando-os de uma visão restrita à história.
Em Uberaba, no ano de 2006, a Lei Municipal nº 10082 definiu a política de Gestão de Documentos e Informações Municipais (GSDIM) para o Município com propostas e metodologia inovadoras. A instituição arquivística assumiu plenamente a coordenação dessa política e seus desdobramentos a partir de 2009, tendo obtido resultados numéricos expressivos, bem como a estimulação de uma nova cultura de arquivamento nos órgãos pertencentes à Prefeitura Municipal de Uberaba. O trabalho desenvolvido teve grande repercussão em seminários realizados no Brasil e no restante da América do Sul.
Atualmente a Superintendência de Arquivo Público ocupa função estratégica dentro do Poder Executivo, pois é responsável, não só pelo arquivamento intermediário e permanente de todas as informações produzidas no âmbito da administração direta e indireta, mas também é uma prestadora de serviço à comunidade, já que promove o acesso aos documentos públicos sob sua custódia. Entendemos que a preservação da história local e a proteção dos direitos adquiridos são de responsabilidade da administração pública e de todos os cidadãos. Nesse sentido, a Superintendência de Arquivo Público convida a população de Uberaba para conhecer a instituição Arquivo para conhecer as atividades realizadas e o valioso patrimônio arquivístico custodiado, testemunho do desenvolvimento econômico, político e social de Uberaba.
A Superintendência de Arquivo de Uberaba foi criada em 04/11/1985 e tem por finalidade recolher, custodiar, preservar, divulgar o patrimônio documental e garantir o pleno acesso à informação, suporte para a tomada de decisões governamentais e garantia de direitos individuais e coletivos para o exercício pleno da cidadania. Hoje, a instituição constitui no interior de Minas Gerais um modelo da prática arquivística.

  SUPERINTENDÊNCIA DE ARQUIVO PÚBLICO
Diretor: Edguimar Antônio de Oliveira
Superintendente: Marta Zednik de Casanova
Técnica em Documentação: Raquel Blancato

Nenhum comentário: