sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Pesquisador defenderá tese de doutorado em Educação na UNESP, cujas fontes foram levantadas na Superintendência do Arquivo Público de Uberaba


Pesquisa baseada em vasto acervo documental da Superintendência do Arquivo Público sobre a pioneira Escola de Pharmacia e Odontologia de Uberaba - será defendida no Programa de Pós-graduação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista – UNESP.


Fundada em 1926 pelo médico Francisco Mineiro de Lacerda, a Escola de Pharmacia e Odontologia, foi a primeira instituição de ensino superior do gênero em Uberaba. Desta escola foram diplomados profissionais odontólogos e farmacêuticos de inúmeras regiões do país e até do exterior, isto significava um grande avanço para época, uma vez que era comum a existência de profissionais práticos. A tese conta parte da história de Uberaba e fala da importância desta instituição para o contexto da educação no Triângulo Mineiro.
Imagem da primeira sede Escola de Pharmacia e Odontologia de Uberaba fundada em 1926 Acervo: APU

O autor da pesquisa Willian Douglas Guilherme, teve seu primeiro contato com os documentos do Arquivo Público de Uberaba em meados de 2009, quando ainda era estudante de mestrado na Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Sobre a instituição arquivística de Uberaba ele aponta:

Visitei vários Arquivos em todo o Brasil e posso dizer sem duvidar que o Arquivo Público de Uberaba está dentre os mais atuantes e modernos. Há uma política de integração com a sociedade e toda uma estrutura para atendimento ao público e aos pesquisadores que nos faz passar horas e horas sem perceber que estamos em 2015. A riqueza de documentos e os processos de digitalização e de aquisição de novos acervos, política séria da atual gestão municipal, deixam o Arquivo mais interessante. É sem dúvida, uma fonte quase inesgotável de história “viva”.

A tese de Willian Douglas Guilherme leva o título: “A Escola de Pharmarcia e Odontologia de Uberaba: Francisco Mineiro de Lacerda e o Ensino Superior no Triângulo Mineiro – 1926 a 1936”. Será defendida em 04 de março no Campus da Unesp de Marília – SP.

Texto: Thiago Riccioppo

Nenhum comentário: