segunda-feira, 31 de julho de 2017

Superintendência do Arquivo Público de Uberaba disponibiliza documentos do século XIX da CMU


Com a preocupação de viabilizar aos pesquisadores mecanismos que facilitem suas consultas, a Superintendência do Arquivo Público disponibiliza, pela primeira vez após 30 anos de existência, os Anais dos Livros de Atas da Câmara Municipal de Uberaba - Século XIX - 1857 a 1900 - Volume I, que será publicado neste segundo semestre.

De acordo com a superintendente Marta Zednick de Casanova, trata-se de uma produção inédita, muito importante para Uberaba e região. “Um grandioso trabalho em prol da sistematização de fontes para pesquisas, ferramenta fundamental para a historiografia brasileira, principalmente a mineira, acerca das atividades desenvolvidas pelos homens que prestaram serviços públicos para a Câmara Municipal de Uberaba”.

Para a confecção do primeiro volume do livro, foram utilizados exclusivamente fontes dos documentos que se encontram sob a guarda da Superintendência do Arquivo Público.

Como são manuscritos, com escrita de difícil compreensão, um dos aspectos favoráveis da publicação dos Anais é disponibilizar aos pesquisadores uma cópia, na íntegra, de cada sessão das reuniões da Câmara Municipal, em CD-ROW, para facilitar a leitura e o acesso rápido às informações.

Os documentos constam da primeira reunião realizada na Câmara Municipal de Uberaba, no ano de 1837. Ela explica que os livros sob a guarda e preservação da Superintendência do Arquivo Público, não possuem uma sequência exata desde a instalação da Câmara. A Superintendência do Arquivo Público se baseou nos acervos a partir de 1857 por haver uma lacuna documental nos Livros de Atas da Câmara Municipal no período de 1837 a 1857. “Outra lacuna existente no acervo documental se refere ao período de 1880 a 1886. Não sabemos a razão do desaparecimento dos referidos acervos, mas a Superintendência está atenta para recuperar essa importante documentação”, comenta.

Para Marta, a publicação é um avanço, uma colaboração importante e indispensável para aqueles que se dedicam à pesquisa e subsidiará aqueles que estudam a temática para a reconstrução da história de Uberaba e Região.

“Esse vasto e importante acervo, organizado em forma de Anais, servirá como fonte preciosa e inesgotável de pesquisas, pois nele encontram-se aspectos históricos da origem e da evolução política, econômica e administrativa do município, além dos registros do dia a dia dos atos do Legislativo de Uberaba”, finaliza. 

Curiosidade - Entre os inúmeros assuntos tratados nos Anais, constam: a Escravidão em Uberaba; a Guerra do Paraguai; a Epidemia da Varíola; a Santa Casa de Misericórdia; o Lazareto (abrigo para pessoas com doenças contagiosas); o Código de Posturas Municipais; a Estrada de Ferro da Companhia Mogiana; a Proclamação da República; o Divórcio; o 2º Batalhão da Brigada de Minas Gerais; a Imigração Estrangeira, a Iluminação Pública (querosene); a Canalização de Água e Esgoto; as Festas Cívicas, Religiosas e Comemorativas; a Cadeia Pública; os Transportes (bonde elétrico ou de tração animal); os Conflitos Políticos; as Instituições de Ensino no perímetro urbano e rural e a Guerra de Canudos.

Fonte:
 Secom Prefeitura de Uberaba



SINOPSE SOBRE AS ATAS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBERBA

A OBRA SERÁ PUBLICADA NO 2º SEMESTRE DE 2017


Superintendência do Arquivo Público de Uberaba tem por finalidade orientar, recolher, custodiar, divulgar o patrimônio documental e garantir o pleno acesso à informação pública, suporte para a tomada de decisões governamentais e garantia de direitos individuais e coletivos para o exercício pleno da cidadania em consonância com a Lei de Transparência. Tem desenvolvido diversos trabalhos nas áreas de pesquisas da história da cidade e região e ações educativas junto às escolas de Uberaba. Preserva documentos de valor legal, administrativo e histórico, provenientes de entidades públicas e privadas.

Com a preocupação de viabilizar aos pesquisadores mecanismos que facilitem suas consultas, a Superintendência do Arquivo Público disponibiliza, pela primeira vez após 30 anos de existência, os Anais dos Livros de Atas da Câmara Municipal de Uberaba - Século XIX - 1857 a 1900 - Volume I. Trata-se de uma produção inédita, muito importante para o Município, Região e para a Câmara Municipal, resultado da dedicação e esforço. Um grandioso trabalho em prol da sistematização de fontes para pesquisas, ferramenta fundamental para a historiografia brasileira, principalmente a mineira, acerca das atividades desenvolvidas pelos homens que prestaram serviços públicos para a Câmara Municipal de Uberaba.

A arquivista espanhola – Julia Rodríguez Barredo, na obra “El desafio de Alcobendas”, do autor Miguel Veyrat, p. 22 e 24 diz que:


[…] A série documental mais importante de um Arquivo são os livros de Atas da Câmara Municipal: neles está a vida do município durante um ano,               durante cem anos ou duzentos… e aqueles que têm a sorte de ter todas as Atas da Câmara dos vereadores têm resumidamente a história completa da comunidade.

Julia explica na obra que:

[…] os dados da Câmara Municipal não são anedotas, são decisões administrativas; alguns historiadores, nem todos, recorrem ao anedótico, porém a Câmara Municipal é algo muito sério: Nela realizam coisas com muita veracidade, se escreve tudo de modo muito correto e ficam reconhecidos os acontecimentos da comunidade em cada reunião, inclusive quando os temas são polêmicos, porque as discussões são as que podem dar a temperatura social, política, etc.

O primeiro volume do livro dos Anais da Câmara Municipal utilizou exclusivamente fontes dos documentos que se encontram sob a guarda da Superintendência do Arquivo Público.

A primeira reunião realizada na Câmara Municipal de Uberaba aconteceu no ano de 1837. Os livros de Atas da Câmara Municipal de Uberaba, referentes ao século XIX, sob a guarda e preservação da Superintendência do Arquivo Publico, não possuem uma sequência exata desde a instalação da Câmara. A Superintendência do Arquivo Público se baseou nos acervos a partir de 1857 por haver uma lacuna documental nos Livros de Atas da Câmara Municipal no período de 1837 a 1857. Outra lacuna existente no acervo documental se refere ao período de 1880 a 1886. Não sabemos a razão do desaparecimento dos referidos acervos, mas a Superintendência está atenta para recuperar essa importante documentação.

A coleção que faz parte do acervo da Superintendência do Arquivo Público e que constitui o primeiro volume do Livro dos Anais da Câmara Municipal referente ao século XIX é a seguinte: Livro número I (07/01/1857 a 02/03/1871); Livro número II (17/04/1871 a 24/02/1879); Livro número III (24/05/1887 a 23/02/1900) e Livro número IV (30/01/1900 a 09/03/1905).

A publicação dos Anais dos Livros de Atas da Câmara Municipal de Uberaba – Século XIX – 1857 a 1900 – Volume I é um avanço, uma colaboração importante e indispensável para aqueles que se dedicam à pesquisa e subsidiará aqueles que estudam a temática para a reconstrução da história de Uberaba e Região.

O acervo da Superintendência do Arquivo Público compõe-se, no que se refere ao tema proposto, de cento e sessenta e nove livros com datas limite de 1857 a 1993 e o primeiro volume dos Anais da Câmara, que é a proposta deste projeto, abrange o período de 1857 a 1900. Como são manuscritos, com escrita de difícil compreensão, um dos aspectos favoráveis da publicação dos Anais é disponibilizar aos pesquisadores uma cópia, na íntegra, de cada sessão das reuniões da Câmara Municipal, em CD-ROW, para facilitar a leitura e o acesso rápido às informações.

Esse vasto e importante acervo, organizado em forma de Anais, servirá como fonte preciosa e inesgotável de pesquisas, pois nele encontram-se aspectos históricos da origem e da evolução política, econômica e administrativa do município, além dos registros do dia a dia dos atos do Legislativo de Uberaba. Os assuntos tratados nos Anais são inúmeros e importantes para a pesquisa histórica. Entre eles destacam-se: a Escravidão em Uberaba; a Guerra do Paraguai; a Epidemia da Varíola; a Santa Casa de Misericórdia; o Lazareto (abrigo para pessoas com doenças contagiosas); o Código de Posturas Municipais; a Estrada de Ferro da Companhia Mogiana; a Proclamação da República; o Divórcio; o 2º Batalhão da Brigada de Minas Gerais; o Instituto Zootécnico; a Imigração Estrangeira, a Iluminação Pública (querosene); a Canalização de Água e Esgoto; as Festas Cívicas, Religiosas e Comemorativas; a Cadeia Pública; os Transportes (bonde elétrico ou de tração animal); os Conflitos Políticos; as Instituições de Ensino no perímetro urbano e rural e a Guerra de Canudos.

O trabalho concretizado pela Superintendência do Arquivo Público de Uberaba na preservação documental e difusão da história, possibilita a publicação da valorosa obra Anais dos Livros de Atas da Câmara Municipal de Uberaba - Século XIX - 1857 a 1900 - Volume I, um grande legado às gerações futuras.


Marta Zednik de Casanova
Superintendente do Arquivo Público de Uberaba


PRIMEIRA ATA DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA (09 de Junho de 1837)
   






Fonte: Ata de reunião da Câmara Municipal de Uberaba, de 09 de Junho de 1837

Nenhum comentário: