terça-feira, 5 de setembro de 2017

Uberaba Sport Club - Uma história de paixão pelo futebol uberabense


Por Luiz Henrique Cellulari - Historiador da Superintendência do Arquivo Público de Uberaba

          
O Uberaba Sport Club, paixão dos uberabenses durante várias gerações, será retratado pelo Arquivo Público de Uberaba em comemoração ao seu centenário.

Em pesquisa minuciosa, realizada por historiadores, no acervo da Instituição, foram constatadas curiosidades que poderão encher ainda mais os brios do aficionados torcedores alvirrubros.


No começo de sua trajetória histórica, em 1917, a manutenção da equipe, principal apreensão dos dirigentes até hoje, dependia da cooperação das mulheres torcedoras que conseguiam dinheiro através da comercialização de doces, bolos e artesanatos em barraquinhas que eram montadas na praça Comendador Quintino, durante os festejos de Nossa Senhora da Abadia. Há registros fotográficos do trabalho delas. Assim nasceu o USC.

Quermesse na Praça Comendador Quintino. 1917
Foto: Via Lactea Anno I nº 1. 1º outubro de 1917, p.11
Acervo da Superintendência do Arquivo Público de Uberaba

Primeiro time do Uberaba Sport em 1917 no antigo campo da Santa Casa de Misericórdia
Fernando Krüger é o primeiro à direita, de chapéu e Cantidiano de Almeida,
o primeiro à esquerda Foto: LAVOURA, 6 de janeiro de 1983, p.7



Antigo Estádio do Uberaba Sport Club, Dr. Boulanger Pucci, em 1922,
durante a partida inaugural contra o Paulistano
Foto: Acervo Família Machado Borges


Outra curiosidade histórica é que aqui desfilaram os principais jogadores do Brasil, como: Leônidas da Silva, inventor de uma jogada conhecida como "bicicleta"; Garrincha, o anjo das pernas tortas; Didi, apelidado de Folha Seca (apelido recebido devido aos seus chutes indefensáveis de fora da área, decorrente do efeito tomado pela bola, parecido como o movimento de uma folha seca). Pelé também esteve por aqui e deixou inquieta a imprensa esportiva em 1974, pois acreditavam que o jovem Toinzinho, revelado nas categorias de base do USC, teria sido contratado pelo Santos FC no mesmo período da transferência da "fera" para o Cosmos, dos Estados Unidos, visando substituí-lo. Esse fato foi desmentindo por ele mesmo. Em uma partida realizada no final do mesmo ano, entre as duas equipes, como parte da negociação, Toinzinho jogou o primeiro tempo pelo Uberaba Sport e o segundo pelo Santos Futebol Clube. O Fluminense também fez desfilar os seus "cobras" no gramado do USC. Na ocasião, os dirigentes do tricolor carioca homenagearam as mulheres uberabenses, oferecendo simbolicamente uma cesta de flores à madrinha do clube, contendo no interior uma porção de pó de arroz. 

Emilinha Borba dando chute inicial numa partida do USC, em 1948 Foto: LAVOURA, 15 de julho de 1989, p. 4

Leônidas da Silva em Uberaba
Diamante Negro Foto: LAVOURA, 16 de julho de 1945. p4

Garrincha concedendo entrevista a Pascoal Valicente da Rádio PRE-5 Foto: LAVOURA, 20 de agosto de 1958, p.5


Geralmente, quando os grandes clubes aportavam por aqui, como foi o caso do Flamengo, em 1955, uma passeata acompanhava a chegada dos craques, do aeroporto até o Grande Hotel, onde ficavam hospedados. A multidão se aglomerava na avenida Leopoldino de Oliveira até o ponto de o policiamento fechar o rua para o trânsito de veículos. Era uma festa.

USC.03 de março de 1974
Em pé: Veram, Toinzinho, Naim, Pablinho, Plínio, Dr. Hadel, Modesto, Otávio Shimaru (Diretor). Agachados: Aldair (Massagista), Toninho Campos, Zé Francisco, Pelé, Fabinho, Saraiva e Elter
Foto acervo Estádio Engenheiro João Guido


Partidas memoráveis, jogadores incríveis, times revelados pela base do USC, todos uberabenses. Isso faz parte da história.

Publicar em livro todas as conquistas do Uberaba Sport é reviver o passado glorioso em busca de soluções para o futuro, a fim de que se mantenha a grandiosidade do alvirrubro que paira adormecido como uma bolha, sobre a cidade de Uberaba, prestes a acordar e explodir de emoção.

USC em 1978
Em pé: Aldair Martins (Massagista), Diron, Shell, Figueroa, Tim, Celso Roberto, Luiz Felipe.
Agachados: Ilton, Luiz Carlos (Bica), Jair, Waender e Silson 
Foto acervo Estádio Engenheiro João Guido

Foto da equipe campeã do Módulo 2 do Campeonato Mineiro Foto Acervo USC
Torcida comemora o título do Módulo II do Mineiro Foto Jairo Chagas - JORNAL DA MANHÃ, 15 de julho de 2003, p. 7

Nenhum comentário: