Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

MEMÓRIA, CULTURA, PESQUISA, PRESERVAÇÃO E ACESSO: O TRABALHO DOS ARQUIVISTAS

Imagem
Segundo a historiografia nacional, no dia 20 de outubro de 1823, foi criado o primeiro arquivo público brasileiro, legitimado pela Constituição de 25 de março de 1824 e apresentado à Constituinte pelo deputado Pedro de Araújo Lima, futuro Marquês de Olinda. De acordo com Vasconcelos [1] , “não houve, desde o início da promulgação da lei, uma instituição especial com o Título de Arquivo Público e os originais das leis, os decretos legislativos e atos do Poder Executivo continuaram sendo guardados e conservados nas secretarias de origem”. Somente 15 anos após a consagração na Constituição de 1824, o regulamento n° 2 de janeiro de 1838, no período de menoridade de D. Pedro II, estabeleceu o Arquivo Público, dentro do Ministério do Império, o atual Arquivo Nacional. A Lei 6.576 de 1978 e o Decreto 82590, também de 78, regulamentam a profissão de arquivista autorizando a exercê-la todos os diploma do s por meio de Curso Superior em Arquivologia, ou ainda, aqueles que, na época da pub

Breve História das Primeiras Escolas de Uberaba

Imagem
Em 02 de março de 2010, Uberaba comemorou 190 anos de sua elevação à condição de Frequesia, fato que intensificou o desenvolvimento do povoado em todas as esferas, acelerou a sua ascenção à condição de Vila, em 22 de fevereiro de 1836, e, posteriormente, à Cidade, em 1856. Na instância escolar, segundo Coutinho [1] , por volta de 1815, Dona Eufrásia Gonçalves Pimenta fundou, no Arraial de Santo Antônio e São Sebastião da Farinha Podre, a primeira escola de instrução primária particular, onde as moças aprendiam a ler, a bordar e a fazer crivo, rendas e teçumes. Em 1820, já como Freguesia, a alfabetização das crianças, conforme as leis da época, ficou sob a responsabilidade dos padres. Em 1836, o Presidente da Província de Minas Gerais, Manoel Dias de Toledo, mandou baixar uma portaria para alugar um prédio onde seria instalada a primeira Escola Pública Provinçal,  que só começou a funcionar em 1838.  De acordo com Guimarães [2] , após a instalação dessa primeira escola pública, muita