Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016
Imagem

AS QUATRO PARTES DO FILME - Crítica de Cinema

Imagem
Obra de Hildebrando de Melo Por Guido Bilharinho* A semelhança de um fruto, por exemplo, o filme apresenta, num certo sentido, quatro partes principais: envoltório ou casca, membrana ou película, polpa ou matéria e, finalmente, o núcleo (conteúdo e forma). No caso, o envoltório ou casca consiste na infra-estrutura de produção convocada e posta a serviço de sua realização, permitindo ao diretor a organização e condução da narrativa, fornecendo-lhe meios e modos para que seja efetivada e transmitida com a maior perfeição possível. A membrana ou película (significando a fina pele que entremeia a casca e a polpa, mantendo-as unidas), prefigura-se na competência técnica do diretor e demais membros da equipe. A polpa ou matéria compreende a estória, os fatos e a ação. À primeira vista, segundo o entendimento corrente, seria o fator principal de qualquer obra de ficção. No entanto, simples envoltório, apenas representa, como no símile natural, elemento que compõe