Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

Superintendência do Arquivo Público de Uberaba recebe alunos da Escola Estadual Leandro de Vito

Imagem
A Superintendência do  Arquivo Público de Uberaba recebeu no dia 26 de março, a visita de 40 alunos da  Escola Estadual Leandro de Vito  do 9º Ano ao 2º Ano do Ensino Médio, na faixa etária de 16 a 17 anos, com objetivo de conhecerem o trabalho realizado pela instituição.          Na ocasião conheceram a importância da preservação de documentação histórica, especialmente utilizada como instrumento de pesquisa para estudantes e historiadores.          Acompanhados pelo historiador Luiz Cellurale, fizeram uma visita guiada onde puderam visualizar a documentação original preservada pela instituição.

TITO SCIHPA, GLÓRIA MÁXIMA DO CINE METRÓPOLE

Imagem
Até a década de 1980, o Cine Metrópole foi a mais elegante e sofisticada casa de espetáculos de Uberaba. Inaugurado em 1941, funcionava anexo ao imponente Grande Hotel que, na época, detinha simultaneamente os títulos de maior edifício de concreto armado e de melhor hotel do Brasil Central. Ambos eram empreendimentos de Orlando Rodrigues da Cunha, sócio diretor da Empresa Cinematográfica São Luiz e também do hotel. Um espelho do progresso da “Princesinha do Sertão” em uma das épocas de ouro da pecuária do gado Zebu. Durante décadas, o Metrópole foi palco de grandes eventos na cidade. Nos anos 1950, quando as faculdades uberabenses começaram a formar suas primeiras turmas de alunos, o grande auditório lotava, recebendo as famílias orgulhosas que vinham assistir às cerimônias de colação de grau de seus filhos. Muitas vezes, tendo celebridades nacionais, como Juscelino Kubitscheck e Carlos Lacerda, no papel de paraninfos. Mesmo em dias comuns, as sessões de cinema eram concorridas

Deputado Marcus Cherém lutava contra as injustiças

Imagem
        José Marcus Cherém, descendente de libaneses, nasceu em Lavras, MG, em 1919. O seu emprego de representante comercial o trouxe para Uberaba. Logo tornou-se amigo dos comerciantes estabelecidos na cidade, especialmente patrícios seus. Essa amizade fez nascer uma grande paixão: Nacional FC, time fundado por imigrantes libaneses e comerciantes da rua Tristão de Castro.          Assumiu a diretoria do Nacional FC e uma de suas principais ações foi a construção do Estádio JK, inaugurado em 1953.             Deputado Marcus Cherém, de terno, durante o plantio do gramado no Estádio JK        Sua ascensão foi meteórica. Pela portaria nº 227/1956, de 15 de fevereiro de 1956, foi designado superintendente geral de pessoal operário, pelo prefeito Artur de Mello Teixeira. Em seguida, elegeu-se vereador em 1954 para o mandato de 1955 a 1959.          Segundo o jornal "Lavoura e Comércio" do dia 9 de dezembro de 1969, o seu espírito de liderança e o excelente traba