Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013
CURIOSIDADES INÉDITAS DA HISTÓRIA DE UBERABA “Vem de longa data a mania de estragar o bem público em Uberaba. O fato aconteceu em setembro de 1895. Naquela época não existia luz elétrica e a iluminação da cidade era feita com lampiões. Aí, um indivíduo unido a seus companheiros de farra, decidiu extravasar suas tensões e eliminar o seu stress, quebrando os lampiões da cidade. Então, a Câmara Municipal de Uberaba, que era o governo na época, mandou logo um ofício ao promotor público comunicando o ato de selvageria e pedindo a imediata instalação de um processo criminal, o que certamente deve ter dado em prisão dos elementos”.  Fonte: Livro de Ofícios e Comunicações da Câmara Municipal de Uberaba Ano: 1894 a 1899 - Acervo SAP
Imagem
Godofredo Santos   Diretor e Redator dos Jornais: O Sorriso, O Jornal e Uberaba Jornal Editados em Uberaba-MG entre 1930 e 1944 A Superintendência de Arquivo Público, de Uberaba recebeu à doação em 16/09/2013 do acervo digitalizado do “ O Jornal Sorriso” – período 1930 a 1933, do “ O Jornal” de 1933 a 1938 e “ Uberaba Jornal” de 1938 a 1944 do Sr. Airton Magalhães Pinto, arquiteto e residente em Brasília, filho de Godofredo Santos, uberabense, um dos fundadores das referidas publicações.  A “ Revista Sorriso" que deu origem às outras publicações foi fundada em 1909. Era um semanário critico noticioso, humorístico e independente. Teve como fundadores Edgar Medina Coeli e Eduardo Formiga, os seus redatores e proprietários. No decurso de sua existência o “Sorriso” mudou de denominação e teve diversos proprietários e diretores, redatores e um grande número de colaboradores. Em 06/04/1930, Godofredo deu início à nova fase da edição, intitulado o jornal “ O Sorr
Imagem
LEMBRANÇAS DAS MANHÃS DE 07 DE SETEMBRO UBERABA O sol mal se despontava no horizonte e as algazarras dos pássaros eram silenciadas pelos primeiros sons que podíamos escutar longe de algumas fanfarras e alguns foguetes pipocando no ar. Nesse dia nunca perdíamos a hora, pulávamos rápido da cama, colocávamos a melhor roupa, os sapatos surrados, mas bem engraxadinho que o papai tinha lustrado no dia anterior e estávamos prontos para ver os desfiles. Tínhamos que chegar cedo para pegar um lugar privilegiado, pois parecia que a cidade inteira se deslocava para ver o desfile. Algumas escolas e personagens marcantes ficaram gravados em nossas memórias nas manhãs dos 07 de Setembro em Uberaba. Gostaria de citar algumas instituições educacionais e em nome dessas homenagear todas as outras escolas, seus dirigentes, professores e alunos. Escola Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, Escola Municipal Boa Vista, Escola Municipal Santa Maria, Escola Municipal Nossa Senhora da Abadia, C