terça-feira, 17 de novembro de 2009

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Uma equipe do Arquivo Púbico de Uberaba, coordenada pelo pesquisador e responsável pelo acervo fotográfico, João Eurípedes de Araújo, produziu, entre 2006 e 2009, o Catálogo para Estudo da Escravidão em Uberaba (1815 – 1888).


O Catálogo – que relaciona cartas de alforria, inventários, certidões de casamento e batismo, contrato de compra e venda, processos criminais e outros documentos, todos referentes à escravidão – foi elaborado exclusivamente a partir de registros que se encontram sob guarda do APU e representa um avanço, uma colaboração preciosa e indispensável para aqueles que se dedicam a esse “encontro do mundo dos vivos com o mundo dos mortos”, e também para aqueles que estudam a temática, buscando a reconstrução da história escravista. Além disso, contribuirá para uma melhor compreensão das relações do passado e do presente, considerando dois importantes acontecimentos: a indicação, no calendário brasileiro, do dia 20 de novembro como “O Dia Nacional da Consciência Negra” e a promulgação da Lei 10.639, que inclui, no ensino fundamental, o estudo da cultura afro-brasileira.

A pesquisa participou do Edital/2009 do Fundo Estadual de Cultura (FEC) e mesmo sem ter sido publicada, propiciou à equipe do APU, convites para a participação em programas de TV e Universidades (UFTM e UFU).

De acordo com José Sérgio Fonseca de Carvalho: “...o reconhecimento de que sem o estudo e a compreensão da cultura afro-brasileira, nunca lograremos compreender como chegamos a ser o que somos...” (2008). É nesse contexto que o APU pretende disponibilizar, assim que possível, esse indispensável instrumento de pesquisa. Aguardem!

Nenhum comentário: