terça-feira, 2 de abril de 2013





Minucioso trabalho a partir de documentos de fonte primária, coordenado por João Eurípedes Araújo, o Catálogo para Estudo da Escravidão em Uberaba (1815-1888) apresenta, aos pesquisadores, quais e como estão organizados os variados documentos do acervo do APU relacionados à escravidão (inventários, cartas de liberdade, processos criminais, ofícios expedidos e recebidos pela Câmara Municipal e tantos outros) e como ter acesso a esses documentos.

Essa grandiosa publicação se desdobrará no quatriênio (2013-2016) - com a elaboração do Catálogo para Estudo da Escravidão no Triangulo Mineiro pela equipe de pesquisadores da Superintendência de Arquivo Público.

Um comentário:

Iara disse...

Parabéns Joãozinho e toda equipe envolvida. Foram anos de trabalho bem feito, com excelente resultado!

Meu abraço a todos.