quinta-feira, 13 de março de 2014

Superintendência de Arquivo Público
Executa projeto visando à formação educacional


Um projeto desenvolvido pela Superintendência de Arquivo Público, de Uberaba, dedicado especialmente às crianças e adolescentes em idade escolar, vem se destacando entre diversas ações relacionadas ao universo educacional, cultural e histórico de Uberaba. No ano de 2013, o Projeto “Ações Educativas” atendeu cerca de 1.100 alunos de escolas locais, classificados entre o ensino fundamental e universitário, interagindo com comunidades das redes públicas e privadas. Este ano a Superintendência de Arquivo Público recebeu, somente nesses primeiros meses do ano, 314 alunos para um trabalho de esclarecimento e informação sobre os diversos ícones relacionados à história de Uberaba, desde o início de sua formação, quando aqui chegou Major Eustáquio da Silva Oliveira.
A iniciativa tem como objetivo valorizar a história do município e fortalecer o sentimento de identidade das crianças, adolescentes e jovens que participam das visitas monitoradas desenvolvidas pela instituição. Voltado para a educação, o projeto implementa ações que estimulam a curiosidade, o diálogo, a valorização e o reconhecimento da importância da preservação e das referências históricas.  Além disso,  desenvolve conteúdos de Educação Patrimonial como memória, bem cultural e patrimônio, que atinge um patamar de realizações conforme proposta e planejamento. 
 O Projeto “Ações Educativas” saiu dos limites municipais para despertar os interesses da região. Professores e alunos das Universidades de Uberlândia e Ituiutaba procuraram a Superintendência de Arquivo Público e foram prontamente atendidos.
O trabalho da instituição arquivística, neste contexto educacional, vai além de trabalhos dirigidos aos estudantes. Para atingir maior eficácia no tocante ao aproveitamento dos alunos, o projeto envolve também os docentes no sentido de buscar uma formação adequada para tratar de temas e fatos históricos relacionados ao desenvolvimento de Uberaba no contexto regional. O projeto envolve ainda dinâmica de formação aos professores, atribuindo programa de visitas temáticas de forma a dar continuidade ao conteúdo desenvolvido com os alunos.

Marta Zednik de Casanova
Superintendente do Arquivo Público

Nenhum comentário: